#CAMARA#
Câmara de Vereadores de Sapucaia do Sul
Estado do Rio Grande do Sul

PROCESSO N.° 23965
Indicação Nº 904/2022

Proponente: Ver.ª Gabriela Ortiz (PDT)

Ao Exmo. Sr.

Jorge Barbosa

Vereador Presidente 

Câmara de Vereadores de Sapucaia do Sul – RS

 

Da Vereadora Gabriela Ortiz - PDT

 

Assunto: Indicação ao Poder Executivo Municipal, solicitando o cumprimento da Lei Municipal 3836/2017 que institui a campanha de prevenção ao suicídio, denominada Setembro Amarelo, no Município de Sapucaia do Sul.

 

A Vereadora signatária, abaixo subscrita, vem à presença de Vossas Excelências, respeitosamente, na forma regimental (art. 115 do RI c/c 51, parágrafo único da Lei Orgânica Municipal), para requererem seja procedida a leitura em Plenário do inteiro teor desta proposição indicativa, sendo a mesma posteriormente encaminhada, pela Presidência, ao Poder Executivo Municipal. 

 

JUSTIFICATIVAS 

 

Senhores Vereadores e Vereadoras: 

 

É objetivo da presente indicação, que após os trâmites regimentais, que seja enviada cópia da presente proposição ao Poder Executivo solicitando o cumprimento da Lei Municipal 3836/2017 que institui a campanha de prevenção ao suicídio, denominada Setembro Amarelo, no Município de Sapucaia do Sul.

O dia 10 deste mês é, oficialmente, o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, mas a iniciativa deveria acontecer durante todo o ano. Atualmente, o Setembro Amarelo é a maior campanha anti estigma do mundo.  Em 2022, o lema é “A vida é a melhor escolha!” e, em alusão a esta data, se faz urgente e necessário o desenvolvimento de campanhas voltadas ao tema.

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde - OMS, todos os anos, mais pessoas morrem como resultado de suicídio do que HIV, malária ou câncer de mama - ou guerras e homicídios. 

Entre os jovens de 15 a 29 anos, o suicídio foi a quarta causa e morte depois de acidentes no trânsito, tuberculose e violência interpessoal. Trata-se de um fenômeno complexo, que pode afetar indivíduos de diferentes origens, sexos, culturas, classes sociais e idades. 

As taxas variam entre países, regiões e entre homens e mulheres. No Brasil, 12,6% por cada 100 mil homens em comparação com 5,4% por cada 100 mil mulheres, morrem devido ao suicídio. As taxas entre os homens são geralmente mais altas em países de alta renda (16,6% por 100 mil). Para as mulheres, as taxas de suicídio mais altas são encontradas em países de baixa-média renda (7,1% por 100 mil).

Diante de dados tão alarmantes e sabendo que o município conta com os serviços de prevenção ao suicídio, é indispensável que seja realizado a divulgação destes, promovendo assim a integração da população sapucaiense neste tema, assim conforme o artigo 2, inciso III: 

Estabelecer diretrizes para ações integradas envolvendo a população, órgãos públicos e instituições públicas e privadas visando ampliar o debate sobre o problema sob o ponto de vista social e educacional, estimulando o desenvolvimento de ações, programas  e projetos na área da educação e prevenção.“

Por fim, reivindico que a indicação apresentada seja acolhida pelo Governo Municipal, firme nas razões acima demonstradas, e no ímpeto de colaborar com a administração do Município, realizando a função de assessoramento que é inerente à edilidade, apresentamos ao nobre plenário desta Câmara Municipal nossa proposição indicativa.




Sapucaia do Sul, 12 de setembro de 2022.




GABRIELA ORTIZ - PDT 

VEREADORA SIGNATÁRIA 

Documento publicado digitalmente por VEREADORA GABRIELA ORTIZ em 12/09/2022 às 10:16:07. Chave MD5 para verificação de integridade desta publicação be93de5022b58233a10002aef7f5e31c.
A autenticidade deste poderá ser verificada em http://www.cmsapucaiadosul.rs.gov.br/autenticidade, mediante código 46479.


Documento Assinado Digitalmente no padrão ICP-Brasil por:
GABRIELA ORTIZ ABENEL:03463217007 às 12/09/2022 10:16:28